Páginas

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Meninas e meninos...eu ví!!!!!!

Gente que coisa mais bizarra!!! Foi sinistro!!
Moro em uma cidade bem pequena no interior de São Paulo - no meio do triangulo formado por São Carlos, Araraquara e Ribeirão Preto.
Uma cidade bem pacata, do tipo que todo muito conhece todo mundo ( ou quase isso) - nas noites de verão ainda sentamos na calçada para bater papo ( nosso recorde é até as duas da manhã - tava muito calor rsrsrs ou será que tinha muita fofoca?).
Ontem por volta das 18 horas, eu a filhota fomos ao supermercado comprar pão. Ocorre que no caminho para o supermercado tem uma loja linda, e nós paramos sempre pra olhar a vitrine e ontem não foi diferente.
No mesmo caminho, tem a cadeia ( tipo um centro de triagem enquanto aguardam a desição judicial - ou mais ou menos isso).
Bem estavamos vendo a vitrine quando 3 rapazes ( descalços  e de bermudas passaram correndo), e quase nos derrubaram, nem deu tempo para xingar, passaram mais 3 na mesma situação, nisso uma senhora que estava no portão gritou: Olha!!! Estão pulando o muro da casa da N.(a casa dela faz fundo com a tal cadeia).
Eu olhei pra cima e vi os caras no muro e já pela rua vários policiais, investigadores e carcereiros correndo- gente que medo!!! minha filha me pegou pela mão e entramos na loja, já avisando o que estava acontecendo. A F. já correu para trancar a porta, e nisso passaram mais cinco correndo - os mesmo que estavam no muro e se esconderam quando os policiais passaram.
Minhas pernas ficaram bambas - todo esse medo por causa de uns fugitivos que estavam muito mais interessados em sumir do que qualquer coisa outra coisa. Me peguei pensando se fosse numa situação com bandidos de verdade ( pois os que ficam na cadeia ali, são devedores de pensão alimentícia, os enquadrados na lei Maria da Penha e uns traficantes mequetrefes).
A cidade ficou em polvorosa rsrsrsrs vai dar até televisão rsrsrsrs...agora eu dou risada, mas o fato é que a polícia pediu que as aulas noturnas fossem canceladas ( não que tivesse muitos alunos nas escolas, por causa da micro semana) e que bares e lanchonetes não abrissem, mais para evitar confusões do que qualquer coisa. O policial disse que é praxe nesses casos.
Uma mocinha contou que o marido dela estava sentado na calçada ( eles moram ao lado da cadeia) e ele foi abordado por um carcereiro, mas o policial o reconheceu e disse que estava tudo bem, pedindo para que ele entrasse para casa.
O engraçado é que aquele pedaço de rua é bem tranquilo, ontem mesmo tinha gente sentada na calçada, meninos jogando bola, alguns adolescentes conversando na esquina...as donas de casa no portão batendo papo, umas e outras olhando vitrine rsrsrs.
Pois é...agora acabou de dormir com a janela aberta.
Mas a aventura acabou, hoje é feriado para os professores e a vida segue seu rumo...
Tenham uma linda sexta-feira - beijos doces e perfumados!!!

4 comentários:

  1. Bom dia, Majju
    Que coisa mais desagradável, não, este episódio. Apesar de vermos isto e muito mais na televisão, quando chega próximo a nós é apavorante, chocante.É , infelizmente, não podemos mais confiar em nossos semelhantes.
    Aproveitando, você disse que mora próximo a Ribeirão Preto, em qual cidade?
    Tenho um grande carinho por R.Preto, meus dois irmãos casaram com moças de lá, e meus três sobrinhos nasceram lá. Hoje só um sobrinho ainda mora em Ribeirão Preto, não vou lá há uns 15 anos.Tenho muitas saudades de lá.
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Majju,

    Que aventura! Ficaria apavorada, ainda mais estando com meu filho, bate uma sensação de insegurança tremenda, não é?! Já dei aula em um presídio de segurança média, e lá me sentia segura, ninguém ali queria nos fazer mal, pois erámos o único elo com o mundo exterior, me sentia muita mais acuada quando saia as ruas, que coisa...
    Beijos e feliz dia dos professores

    ResponderExcluir
  3. Caramba Majju! Gelei!
    ver na tv, a gente vê e até se choca. Mas ver "ao vivo", bem na nossa cara assusta mesmo.
    Eu tb passei cada uma em SP, que vou te contar...assusta muito a gente.

    Espero que ai seja um caso isolado. Eu sou contra esse sistema, de espalhar presídio por tudo quanto é canto, principalmente em cidades que são calmas por natureza. Pra que estragar o que é bom né?

    que coisa...

    desejo muita proteção ai pra vcs, Que Deus cuide de vcs pra nada acontecer!
    bom dia e boa sexta! bjs

    (e obrigado por divulgar o blog rs, fico mto feliz, rs)

    ResponderExcluir
  4. Majju,

    Concordo com o Alexandre, presídio não devia ficar em locais residenciais, nem aeroporto. Os administradores deveriam pensar, prever os riscos que a população corre por causa desse mau planejamento.

    Ainda bem que vcs estão bem, graças a Deus.
    Beijo,

    ResponderExcluir